Avaliações objetiva e dissertativa do concurso da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) serão aplicadas em 6 de fevereiro do ano que vem. Estão em disputa 2.700 vagas

Quem pretende concorrer a uma das 2.700 vagas de nível médio para soldado no concurso da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) não tem mais tempo a perder: é hora de começar — ou intensificar — os estudos.

As inscrições serão recebidas entre 24 de junho e 20 de julho, com taxa de R$ 57 (saiba aqui como participar). Já as provas objetiva e dissertativa ocorrerão em 4 de setembro — a duração dos exames será de cinco horas.

Além da capital paulista, haverá aplicação em outras dez cidades: Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

O que estudar para as provas do concurso da PM SP?

As perguntas versarão sobre língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais, informática e noções de administração pública. Confira, a seguir, a íntegra dos temas que devem ser estudados, com base no conteúdo programático indicado no edital:

Resumo do Concurso concurso da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) — Soldado
PM SP – Polícia Militar de São Paulo

Vagas: 2700
Taxa de inscrição: De R$ 57,00 Até R$ 57,00
Cargos: Soldado
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 3360,33 Até R$ 3360,33
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

Agenda do Concurso

25/10/2021 Abertura das inscrições
08/12/2021 Encerramento das inscrições
06/02/2022 Prova